Viagem surpresa companhia

Porque por muito que gostes do teu namorado, os teus amigos ou a tua família… Serão eles a melhor opção para ti para viajar? És dos que preferem viajar em casal, com amigos ou família?  Escolher um companheiro de viagem não é trabalho fácil e isso é algo que quem já viajou muito…. sabe muito bem. Não é por gostares muito da tua cara metade ou ter amigos de infância que significa que sejam eles a melhor companhia para uma viagem, seja uma viagem surpresa, uma escapadinha de fim-de-semana ou a melhor viagem da tua vida.

Como escolher o companheiro ideal para a tua viagem?

 Viajar implicar passar muito tempo juntos e partilhar contextos, cenários e situações (mais e menos agradecidas), de modo que é preciso selecionar bem os nossos companheiros de aventuras se quisermos aproveitar de uma viagem perfeita. O que tenho de ter em conta?

Viajar com companhia

Photo by Brooke Cagle on Unsplash

Antes de começarmos com as dicas, não esqueças de preparar a tua mala de mão de maneira correta e respeitando as dimensões pedidas pela companhia aérea.

1. Valoriza as características da viagem

Não é o mesmo que uma escapadinha que dar a volta ao mundo. O tempo pesa e muito uma vez que irá determinar se deves procurar um companheiro que partilhe os mesmos gostos, interesses e motivações que tu ou não. Também tens de ter em conta a tipologia e objetivos da viagem- aventura? diversão? relax?- assim como os planos e os caminhos previstos. Construindo todas as peças do puzzle poderás encontrar a pessoa que mais se adapte à tua aventura.

2. Procura um companheiro de interesses

Agora que já sabes como será a tua viagem, pensa nessas pessoas que não só se adapatariam mas também aproveitariam tanto como tu. Nao serve de nada ir à praia se o teu companheiro prefere ir à montanha. Tambèm não é caso para levar a Roma aquele grupo de amigas que precisa de um fim-de-semana relax em vez de andar a passear pela cidade a absorver a história romana através de museus. E, se não encontrares ninguém que coincida contigo a 100% – don´t panic, é muito difícil!, fala bem com o teu companheiro (ou companheiros) e façam um pacto a meias que faça feliz aos dois. 

3. Que tenha o mesmo orçamento que tu

Não há nada mais chato que ter de deixar de fazer algo porque o teu companheiro de viagem diga “bem, vai tu, não quero gastar dinheiro”- e acabar por ser ele a pagar…- ou deixar um rim numa comida de 3 pratos junto ao Coliseu quando tu terias ficado satisfeito com uma Pizza Al Taglio. Por isso é muito importante definir o orçamento destinado às vossas atividades e comida. Seja uma viagem luxuosa ou uma mais economica, a chave é ter tudo esclarecido.

4. Pessoas simpáticas sim, egoístas não

Quando viajamos podem acontecer mil e um imprevistos que podem alterar os nossos planos. Por isso, há que saber ser simpático e saber adaptar-nos. Por muita vontade que tenhas de subir à Torre Eiffel, se ao chegar o momento um viajante sofre de um ataque de vertigens, há que saber compreender a situação e procurar soluções sem discussões. Há que saber ser assertivo!

5. Um complemento aos teus pontos fortes e às tuas debilidades

Se és dos que vive intensamente as coisas, que não teme arriscar e que não sabe estar quieto, é sempre uma boa ideia rodear-te de alguém mais prudente e calmo. Aquilo de que os pólos opostos se atraem é verdade! Pessoas com gostos parecidos mas personalidades complementares são os melhores companheiros de viagem.

Agora que tu já sabes com quem viajarás, aproveita para conheceres os 11 destinos que tu deves visitar pelo menos uma vez na vida.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *