Turismo em Copenhaga

A capital da Dinamarca tem um encanto especial. A sua origem como cidade comerciante é o principal  motivo de atração. A cidade divide-se em canais e docas onde se escondem vários segredos. Copenhaga é um dos novos destinos na Waynabox. Queres saber mais curiosidades que esta cidade esconde? Continua a ler!

Destino de férias

Este destino de certeza é um dos destinos mais procurados na Europa. Uma cidade bonita e com um charme próprio; suas ruas repletas de ciclistas e a preocupação com o meio ambiente são duas coisas que chamam a atenção de qualquer turista que passe por aqui. Aproveita para conhecer outros 11 destinos que deves visitar pelo menos uma vez na vida.

Copenhaga os 10 pontos imprescindíveis

1. O nome de Copenhaga significa ‘doca’

A cidade, fundada no ano 1.000, batizou-se com o nome de ‘havn’ que significa ‘porto’ ou ‘doca’. Com o passar do tempo, o nome mudou para ‘baía de comerciantes’, em dinamarquês københavn. De aqui surgiu o derivado do nome, em alemão, Kopenhagen e que nós conhecemos como Copenhaga.

2. Tem o Melhor Metro do Mundo

 Inaugurou-se em 2002 e tem 2 linhas (verde e amarela) com 17 paragens. A sua arquitectura e eficiência valeu o reconhecimento como melhor metro do mundo em 2010 e inspirou a construção das linhas de metro de outras cidades como Bréscia, Roma, Milão e Salónica.

3. Tem um dos melhores restaurantes do mundo: o Noma

 O nome é um abreviatura de ‘nordisk mad’ que significa ‘comida nórdica’ em dinamarquês. A cozinha é gerida pelo chef René Redzepi e o espaço tem 2 estrelas Michelin, tendo-lhe sido concedido o primeiro lugar no ranking mundial de restaurantes nos anos de 2010, 2011, 2012 e 2014. Apesar de, atualmente, ocupar o número 3, logo depois do El Celler de Can Roca (em Girona) e da Osteria Francescana (em Modena) vale a pena a visita… Mas atenção, o menú de degustação custa 200 euros por pessoa.

4. É uma cidade eco-friendly e onde todos gostam (muito) de andar de bicicleta

 Cerca de 50% da população usa a bicicleta como meio de transporte para o seu dia a dia. Copenhaga é uma das cidades que mais se preocupa com o meio ambiente e é pioneira na mobilidade sustentável.

5. Tem um bairro com bandeira e moeda própria

 Com, aproximadamente, 900 habitantes, Christiania é considerada uma cidade independente, um país dentro de outro país. Para além da bandeira e da moeda, os seus habitantes produzem a sua própria comida e cerveja. Situada no centro de Copenhaga, o acesso através de carro não é permitido. Só pode ser visitada em bicicleta ou a pé. Uma paragem muito curiosa!

6. A rua pedonal mais comprida do mundo

Conhecida como Strøget é formada por 5 ruas (Frederiks berggade, Nygade, Vimmelskaftet, Amagertorv y Ostergade) e vai desde a Câmara até Kogens Nytorv.

Rua de Copenhaga

7. Origem da LEGO

Sim, a famosa marca que criou os tão conhecidos blocos de cores nasceu na oficina de um carpinteiro dinamarquês. A fábrica da LEGO fica em Billund, onde também se encontra o parque temático Legoland, uma atração turística para todas as idades.

8. Culto à Sereia

O escritor dinamarquês Hans Christensen Andersen, é o autor do Pato Feio e da Sereia, entre outras obras. Por esta razão, em frente à doca de Copenhaga, encontra-se uma estátua de 175kg e 1,25m, da famosa Sereia, que é considerada um Monumento Nacional.

9. Adoração ao luxo

Há uma forte tradição de jóias e roupa de alta costura.  Muitas marcas de moda e acessórios de luxo nasceram nesta cidade, como por exemplo a famosa marca Pandora, conhecida pelas suas pulseiras personalizadas.

10. A doca mais fotografada

O canal de Nyhavn conhecido pela sequência de casas coloridas e veleiros amarrados, presos perto de uma ponte e sem ligação ao mar. Este cenário é um dos mais fotografados na Europa.

Oferaça uma viagem Waynabox para alguem especial, aqui nós contamos-te o porque.

Atreves-te a visitar esta cidade fantástica?

Reserva a tua viagem Waynabox!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *